Tania Fraga Computer Artworks

Depoimento

A arte, ciência e tecnologia trazem para a discussão da produção artística contemporânea aspectos poéticos e estéticos intimamente relacionados com processos e sistemas intermediados por ambientes e processos técnico-científicos. Faz parte do escopo da arte o trabalhar com os aspectos sensíveis, ligados visceralmente aos sentidos e às emoções. Trabalhar no ambiente técnico-científico com esses aspectos desestabilizadores, polares e, até mesmo, dicotômicos, onde razão e emoção se complementam para criar algo para ser sentido pelo outro, é para mim um desafio e um fascínio.

Acredito que só posso ter autonomia, como artista, se for capaz de me expressar com liberdade. Para isso preciso estar ciente, mesmo que com certa superficialidade, dos conhecimentos, dos instrumentos e das tecnologias do momento histórico em que vivo. Sendo um produto da cultura contemporânea que me circunda fui conduzida ao conhecimento das linguagens de programação e da montagem dos hardwares que necessito para construir as obras que concebo. Viso assim atingir as finalidades poéticas, funcionais e estéticas que norteiam as minhas buscas. Para mim, a poética, a estética e a funcionalidade, complementam-se caracterizando-se como os fatores mais relevantes na construção das obras. Os aspectos técnicos precisem conhecidos e solucionados para atingir os objetivos buscados e por isso foi preciso adentrar-me na “cozinha” técnico-científica de modo a acinzentar a ‘caixa preta’. Este tipo de abordagem, com a qual concordo, é sugerida aos artistas por Vilém Flusser e Arlindo Machado. Concordo com eles pois considero ser esse o único modo possível de subverter os padrões massificantes da indústria cultural, rompendo com as restrições e com a importação de modelos culturais que os programas comerciais de autoria e as ações de marketing impõem aos artistas.

A revolução decorrente da emergência das tecnologias computacionais tem potencial para amplificar a reconstrução constando nosso repertório cultural, transformando, potencializando e até mesmo induzindo criação de novas formas e modalidades artísticas. Formas que possibilitem a diversidade, o desenvolvimento e até mesmo a competitividade no mercado internacional, nas áreas em que possam ser aplicadas, como por exemplo, os games, a arquitetura e o desenho industrial.

As obras-programa descritas neste site fazem parte de projetos experimentais que investigam tais assuntos. Questionam estereótipos e exploram possibilidades como a simbiose de humanos com processos autônomos e artificiais e a criação de triálogos cibernéticos entre interatores, programa/sistema computacional e objetos materiais. Atuando como artista desde 19771, foi a partir de 1987 que comecei a me dedicar à criação de obras cibernéticas explorando situações poéticas interativas através da produção daquilo que denomino como obras-programa2.

Procuro através da criação dessas obras-programa estabelecer significados expressivos e não linguísticos fora das narrativas lineares. Exploro formas de comunicação e expressão, poéticas e estéticas, que rompem com a noção de realismo que viceja nos redutos computacionais. Agencio mundos virtuais e organismos artificiais materiais, fluidos e flexíveis, para os quais busco qualidades visuais como leveza, profundidade, espacialidade, interatividade, não linearidade, a obtenção de complexidade a partir de regras simples. Eles apresentam, também, características como a intangibilidade dos sonhos e das imagens fragmentárias do inconsciente. Busco elaborar poéticas e estéticas imanentes aos sistemas cibernéticos; concebo membranas para a comunicação com outrem, membranas a serem compartilhadas e transformadas. Transcodifico linguagens, imagens e sons, miscigenando meios, transformando-os em signos poéticos, numéricos, que podem provocar sensações e experiências sensoriais tão intensas como as da visão sólida ou estereoscópica. As obras-programas agenciam-se de três modos: como realidades virtuais, como organismos artificiais e como cenários interativos3. Os sistemas cibernéticos delas decorrentes oferecem algumas possibilidades diferenciais tais como:

  • Vivenciar a imersão em profundidade, estereoscópica;

  • Experimentar manipulações interativas;

  • Participar do agenciamento de processos autônomos gerativos e inteligentes;

  • Interagir com sistemas artificiais capazes de perceber, diferenciar, aprender, escolher e se expressar;

  • Experimentar simbioses com organismos artificiais;

  • Estabelecer triálogos entre o autor (artista-programador), o sistema artificial e o interator.

Além dessas características, os sistemas cibernéticos possuem duas outras características que me interessam: a sensorial e a sígnica. Humanos sentem, pensam e agem. Sistemas artificiais percebem, discriminam, escolhem e respondem: percebem as ações humanas, escolhem as faixas que caracterizam as ações percebidas e respondem expressivamente a elas através de alteração de cores, formas, movimentos e sons. Tais sistemas compostos por máquinas semióticas agenciam organismos virtuais e materiais desvelando campos de possibilidades para interações estéticas e poéticas.

1 De 1977 a 1987 dediquei-me como artista à produção de esculturas em cerâmica e desenhos, tendo inicialmente experimentado litogravuras, monotipias, e papel artesanal.

2 Obras-programa são programas computacionais e podem ser reprogramadas para integrar-se nos espaços onde serão exibidas. Podem ser apresentadas em instalações computacionais, ou podem ser veiculadas em CDROMs e DVDs, ou na Internet. Nelas, o participante (interator) dá vida às obras através de sua ação. As obras citadas neste portfolio foram criadas usando as linguagens YODL, VRML, RayShade (linguagens de script, gera imagens não interativas), Java (API Java3D) e Processing. As obras criadas em Java e RayShade podem ser percebidas em profundidade através de estereoscopia passiva (Java e RayShade), ativa (Java), ou pela ilusão de Pulfrich (Java) e podem, também, ser mostradas em CAVEs.

3 Os cenários virtuais interativos integraram ações realizadas por dançarinos com aquelas processadas ao vivo no computador. As imagens computacionais resultantes são projetadas em telas no palco.

Advertisements

Tania Fraga, architect and artist, holds a PhD. of Communication and Semiotics, from PUC/SP; is the vice-president of the Institute of Mathematics and Art, Sao Paulo. In 2010-2011 she developed a Post Doctoral research at ECA-USP with a research grant from FAPESP and in1999 another at CAiiA-STAR, UK.; She was Professor and coordinator of the Graduation Studies of the Art Institute at University of Brasilia, Brazil, where she is Associated Researcher. She has been showing and publishing her work in many national and international exhibitions, lectures, workshops, seminars and congresses.

Posted in art, art and technology, Artworks, BCI, Brain Computer Interface, Brazilian Computer Art, computer art, Java3D, virtual reality
One comment on “Tania Fraga Computer Artworks
  1. Fernanda Nardy Bellicieri says:

    Oi, TÂnia! Td bem?
    Primeiro, agradecendo pela sua super atenção por participar de nosso programa na Tv MAckenzie. Hj vc estará no ar. E parabéns pelo seu trabalho, inusitado, genial, muito próprio. Mto obrigada!
    Fernanda Nardy Bellicieri
    Equipe TV Mackenzie
    Providenciarei uma cópia para vc

    Segue nossa grade.

    Release do programa MAcknotícias
    O Mack Notícias traz muita informação nesta semana. Você vai ver coberturas de diversos eventos importantes, como a Semana de Recrutamento e Seleção da Empresa Jr. Mackenzie e a participação da Universidade na Feira Guia do Estudante Abril. Vai conferir também como uma artista plástica e arquiteta passou a trabalhar com robótica, tirar dúvidas de português e muito mais.
    Exibição

    Segunda 20/09: 17h e 23h30

    Terça 21/09: 12h

    Quinta 23/09: 06h

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

Flickr Photos
%d bloggers like this: